fbpx

Saiba quais são os alimentos tóxicos para o seu gato (e o que fazer caso ele os ingira)

5 benefícios da castração
19 dezembro, 2018
cachorro preto na coleira passeando com seu tutor em lugares Pet Friendly em curitiba
Conheça alguns lugares Pet Friendly em Curitiba!
29 janeiro, 2019

Gatos são curiosos por natureza e, mesmo com os cuidados constantes do tutor, podem acabar ingerindo alimentos maléficos para sua saúde. Se você tem um gatinho em casa, preste atenção no que é oferecido ao pet e saiba o que fazer se ele ingerir algum alimento tóxico.

Leite

Por mais que a imagem de um gato bebendo uma vasilha de leite seja muito popular, o leite pode fazer muito mal aos bichinhos. Isso porque a lactose, proteína encontrada do leite de vaca, não é processada pelo organismo do animal, podendo causar problemas gastrointestinais como diarréia e vômitos.

Cebola e alho

Se você tem o costume de oferecer comida humana para seu gatinhos, precisa ficar atento aos temperos: a cebola e o alho, muito comuns na nossa alimentação, podem causar anemia nos bichinhos. Isso porque contêm substâncias chamada dissulfeto de alipropila e alicina, que destroem os glóbulos vermelhos dos felinos. A recomendação é que os pets sejam alimentados com uma ração própria, justamente para evitar intoxicações e manter o animal saudável.

Espinha de peixe e ossos

A ingestão de restos de comidas tóxicas é uma das principais causa de morte entre os gatos domésticos. Muitas vezes, eles acabam ingerindo partes de ossos ou espinhas que podem causar asfixia ou até perfuração gastrointestinal. A ingestão de ossos animais ainda pode aumentar a concentração de cálcio no sangue do gato, ocasionando problemas no rins e aumento da concentração do mineral na urina.

Azeitona

Esse é outro ingrediente muito presente na culinária que pode fazer mal aos gatinhos. A azeitona é rica em sódio, o que pode causar hipertensão e problemas renais a longo prazo nos animais.

Chocolate

O chocolate contém uma substância chamada teobromina, inofensiva aos humanos, mas que pode ser letal para os gatos e cachorros. A teobromina não é metabolizada pelo organismo dos felinos, e pode causar desde problemas gastrointestinais (como vômito e diarreia), até convulsões e paradas cardíacas.

O que fazer se meu gato ingerir um alimento tóxico?

Dependendo do que o animal ingeriu, é provável que a reação seja pontual, como uma diarréia ou vômito isolado. Mas caso esses sintomas persistam por mais de dois dias, o ideal é que se procure ajuda veterinária. O animal intoxicado também pode apresentar salivação excessiva, sangue na urina e pupilas dilatadas.

Evite receitas caseiras para fazer seu gato vomitar ou cuspir o alimento. Muitos tutores acreditam que oferecer sal, óleo ou mel para o animal pode curar a intoxicação, mas existe o risco de agravar a situação.

Para que seu gatinho não sofra com alimentos tóxicos, evite oferecer restos de comida como alimentação e procure uma ração adequada para a idade, peso e características do animal.

Para manter seu amigo sempre saudável, converse com um dos veterinários do Pet Doctor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *