fbpx

Saiba mais sobre a gripe canina

As 10 raças de cachorros mais populares do Brasil
As 10 raças de cachorros mais populares do Brasil
26 abril, 2021
Você já ouviu falar em catnip? Conheça a “erva do gato”
Você já ouviu falar em catnip? Conheça a “erva do gato”
21 maio, 2021
Saiba mais sobre a gripe canina

Você sabia que muitas doenças que os humanos enfrentam também acometem animais? Elas podem ser consideradas zoonoses, quando transmitidas de um para outro, como a raiva, ou apenas ter os dois como hospedeiros principais, como o caso da giardíase e da gripe.

Com o inverno mais próximo, é preciso ficar atento aos sintomas da gripe canina! Continue lendo para saber mais.

O que é a gripe canina

Apesar de ser mais comum no inverno, a gripe canina é uma infecção viral que pode acometer os cães independentemente da época do ano. Assim como nos humanos, a gripe é causada pelo vírus da influenza A.

Se você possui um pet idoso ou filhote, é importante ficar atento. Nesses casos, mesmo que seja considerada uma doença leve, a gripe canina pode evoluir para quadros mais graves ou piorar infecções pré-existentes. Apesar de ser comum, pets que não recebem tratamento podem desenvolver pneumonia e febre alta.

Não se preocupe, por não ser uma zoonose, seu pet não pode passar essa doença para você, e nem você a ele!

Sintomas da gripe canina

  • Tosse persistente;
  • Coriza;
  • Apatia;
  • Febre;
  • Perda de apetite;
  • Olhos lacrimejantes.

Os sintomas da gripe canina são bem semelhantes à da gripe humana. A tosse do pet pode ser persistente e durar de dez a trinta dias, ele também pode começar a espirrar, ficar febril e ter secreções nos olhos ou no focinho. É aconselhável levar o bichinho ao veterinário assim que houver percepção da doença.

Transmissão

O vírus da gripe canina pode ser facilmente contraído caso seu pet tenha contato com outros cães doentes ou até mesmo com objetos infectados, como comedouros, brinquedos e casinhas. O contágio também pode acontecer de forma indireta, durante passeios ou estadias em creches e hotéis.

Tratamento e prevenção

O tratamento para a gripe canina é bem simples e, na maioria dos casos, o animal se recupera sozinho quando o ciclo do vírus termina. Em alguns casos mais graves, os veterinários podem receitar remédios para ajudar a combater os sintomas, como dor e febre.

A vacina para gripe canina é uma forma de prevenção, mas não é garantia de que o animal não vá adoecer, apenas ajuda a diminuir a gravidade da doença quando o pet é infectado. Inclusive, conferir o calendário de vacinação do seu pet é extremamente importante para evitar futuros problemas de saúde.

Durante o período que seu cãozinho estiver doente, também é importante evitar o contato com outros animais. 

E aí, tem mais dúvidas ou está suspeitando que seu pet esteja gripado? Entre em contato com um de nossos veterinários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *