fbpx

Meu cachorro está estressado: o que fazer?

Como dar remédio ao seu pet?
3 maio, 2018
Quando um cão se torna idoso?
30 maio, 2018

Tem percebido o seu cãozinho mais inquieto e desobediente? Isso pode ser estresse! Os cachorros também conseguem demonstrar quando estão passando por problemas emocionais, por este motivo, é importante que os tutores consigam identificar rapidamente os indícios para oferecer uma boa qualidade de vida aos seus amigos peludos.

Confira abaixo informações importantes sobre o estresse em cães e como evitá-lo.

O que deixa o cão estressado?

– Ficar preso à corrente por muito tempo pode causar estresse no seu cão. Deixá-lo trancado em quartos ou banheiros também pode fazer com que ele sofra;

– A mudança para um ambiente desconhecido. Muitos tutores percebem uma alteração de comportamento em seus cachorros quando se mudam para outra casa, por exemplo;

– A chegada de novos animais de estimação pode ser complicada para o seu cão, ele pode achar que está sendo substituído e sentir-se mal;

– Uma alimentação mal equilibrada pode fazer com que o seu cão fique estressado, pois falta em seu organismo nutrientes essenciais para uma vida saudável;

– Ficar sozinho o dia inteiro faz com que o seu pet se sinta triste e desencadeie um alto nível de estresse;

– Da mesma maneira que ocorre conosco, dores ou doenças que não recebem tratamento fazem com que o seu cão se estresse.

Principais sinais

– Inquietação. Os cachorros que ficam presos à corrente ou em lugares fechados costumam não parar quietos, sempre andando de um lado para o outro e até mesmo em círculos;

– Latir por qualquer motivo e por longos períodos pode ser um indício de que o seu dog está estressado, os uivos noturnos também podem ser um sinal;

– Se o seu cachorro está muito desobediente e começou a destruir objetos dentro de casa, ele pode estar sofrendo com o estresse. Com esse comportamento, está tentando mostrar que algo está errado;

– A agressividade é um sinal clássico de que o seu bichinho está estressado. Animais que são submetidos a um alto nível de estresse tendem a se tornar mais agressivos do que os outros;

– Lamber-se de forma excessiva também pode indicar que algo não está certo com o seu cão. Com o estresse, eles costumam lamber muito as patas e a região genital, principalmente, chegando a causar lesões na pele;

– A anorexia é um dos principais e mais graves sinais de que o seu cachorro está estressado. Muitos animais, ao passar por um momento de estresse, deixam de se alimentar, o que ocasiona diversos problemas de saúde.

Ao perceber esses sinais, leve seu bichinho a um veterinário o mais rápido possível. É importante que o tutor preste sempre muita atenção no comportamento do animal, pois somente dessa forma vai poder sanar o estresse sofrido. Não se esqueça que os cachorros devem viver soltos, livres de correntes e outros tipos de prisão, bem como receber uma boa alimentação e bastante carinho e atenção.

Conte com o Pet Doctor para te ajudar a manter o seu cãozinho longe do estresse, feliz e saudável!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *