fbpx

Insuficiência renal em gatos: o que você precisa saber

Gripe canina: tudo o que você precisa saber
Gripe canina: tudo o que você precisa saber
1 setembro, 2020
10 mitos e verdades sobre a castração
10 mitos e verdades sobre castração
1 setembro, 2020
Insuficiência renal em gatos

Assim como todos os mamíferos, os gatos também podem desenvolver insuficiência renal. Infelizmente, os pets são bastantes suscetíveis à doença devido à combinação de diversos fatores, inclusive a composição fisiológica, já que os rins dos gatinhos apresentam uma menor quantidade de néfrons, responsáveis pelo bom funcionamento do órgão. Enquanto os felinos apresentam aproximadamente 200 mil néfrons, cães têm 400 mil. 

O que é a insuficiência renal em gatos?

Aos poucos, os néfrons deixam de funcionar, perdendo a capacidade de filtrar e eliminar as substâncias nocivas do corpo do animal. Isso provoca uma séria de reações e possíveis infecções, levando o animal a óbito caso não seja tratada corretamente. Confira alguns sintomas:

  • Vômitos
  • Emagrecimento
  • Aumento da sede e ingestão de água
  • Constipação ou diarreia 
  • Aumento do volume da urina
  • Mucosas esbranquiçadas
  • Mau hálito

Os sintomas da insuficiência renal em gatos podem ser facilmente confundidos com qualquer outra doença, ou até mesmo com velhice, já que a idade é um fator de risco para os pets. O uso de medicamento contínuo, infecções e doenças pré-existentes e algumas raças, como o Persa, também estão mais suscetíveis ao mau funcionamento renal.

Tratamento

A insuficiência renal felina não tem cura, mas pode ser tratada e, assim, proporcionar uma vida saudável ao pet. O tratamento é feito à base de medicamentos e mudanças na alimentação.

Como prevenir 

Todos os gatos estão sujeitos a insuficiência renal, porém, alguns comportamentos podem prevenir ou até retardar o aparecimento da doença.

Ração úmida

Gatos são animais que consomem pouca água, por isso podem ficar desidratados ao longo do dia, o que prejudica o funcionamento dos rins. A oferta de ração úmida pode ser uma grande aliada, já que tem mais água na composição. Porém, os sachês costumam ser mais calóricos e gordurosos, podendo deixar o gato obeso caso sejam ingeridos em grandes quantidades. Antes de modificar a alimentação do seu pet, consulte um veterinário.

Bebedouros para gatos

Alguns fatores prejudicam ou dificultam a ingestão de água para o gato. Prefira bebedouros específicos para felinos, adaptados para a anatomia dos bigodes, ou fontes, já que a água corrente atrai os pets. Confira nosso post com mais dicas sobre o assunto!

Se precisar de ajuda, conte com um de nossos veterinários.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *