fbpx

Cuidados com o pet no inverno

cuidados com cães de porte mini
Cães de porte mini: cuidados especiais
1 junho, 2020
quanto custa ter um pet
Você sabe quanto custa ter um pet?
4 junho, 2020
cuidados com o pet no inverno

Oficialmente o inverno começa no dia 21 de junho, mas em Curitiba, as temperaturas já estão bem baixas! Para manter seu pet saudável e quentinho nos dias mais frios, confira alguns cuidados com o pet no inverno. 

Tosa

O pelo dos animais funciona como uma proteção natural e ajudam a manter a temperatura do corpo estável. Você pode continuar com a rotina de tosa do seu pet, mas prefira deixar os pelos um pouco mais longos durante os meses mais frios, principalmente se for um cachorro que costuma ficar do lado de fora. Uma boa opção é a tosa higiênica.

Caminha

Para que seu animal possa se esquentar à noite, deixe mantinhas à disposição no local onde ele costuma dormir.

Se seu pet dorme do lado de fora da casa, coloque algum tipo de revestimento para isolar o frio embaixo da cama ou no forro da casinha, como borracha, tapete de pelos ou estrado de madeira. 

Roupinha

Apesar de serem fofinhas, nem todos os cães precisam usar roupa! É o caso de cães de grande porte com camadas de gordura e subpelos, como o Labrador e Golden Retriever. Para eles, a roupa pode até ser um incômodo.

Cães de pequeno porte e pelo curto podem sentir mais frio, por isso as roupinhas são boas opções para o inverno! 

O mesmo se aplica para cães mais velhos ou com problemas de artrose. Nos dias mais frios, cães e gatos de mais idade podem sentir dores articulares, evitando andar pela casa e preferindo ficarem deitados. Nesses casos, o ideal é procurar um veterinário para amenizar os sintomas.

Os gatos são conhecidos por não gostarem de roupas, por isso opte por deixar mantas e cobertores nos locais onde eles costumam ficar.

Aqui no Pet Doctor, você encontra diversas opções de roupinhas para seu pet!

Exercícios

O frio não é desculpa para deixar de lado o exercício! Nos dias mais frios, os animais tendem a comer mais para gerar mais energia, por isso podem ganhar peso durante o inverno. Se seu cachorro ou gato já está acostumado a uma rotina de exercícios, não pare! Isso vai ajudá-lo a manter-se ativo mesmo que esteja comendo mais.

Mas se você não tem tempo de passear com seu pet, confira nosso post sobre outras formas de praticar exercícios! 

Vacinas

Um dos principais cuidados com pets no inverno é a vacinação contra doenças sazonais. 

Nos cães, o problema mais comum durante o inverno é a traqueobronquite, conhecida também como tosse dos canis. A melhor maneira de prevenção é a vacina CH(A2)PPi/LR, que protege contra o vírus parainfluenza e reduz os sintomas de infecções secundárias. A vacina é indicada para cães de qualquer idade.

Já nos gatinhos, a doença mais comum é a rinotraqueíte, que acomete principalmente filhotes. Os principais sintomas são espirros, secreção nasal (catarro), secreção ocular, dificuldade para respirar e desidratação. A vacina quádrupla felina protege contra a rinotraqueíte, e deve ser administrada entre 45 e 60 dias de idade. 

Converse com um de nossos veterinários e saiba mais sobre cuidados com o pet no inverno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *