fbpx

5 benefícios da castração

Aprenda a amenizar o comportamento compulsivo em cães
19 dezembro, 2018
Saiba quais são os alimentos tóxicos para o seu gato (e o que fazer caso ele os ingira)
29 janeiro, 2019

A decisão de castrar um cão não é fácil. Muitos tutores ficam receosos, com medo da cirurgia ou de alguma complicação na saúde do pet. Mas a castração também é considerada um ato de amor, já que previne doenças (como o câncer) e evita ninhadas inesperadas, o que infelizmente muitas vezes acabam resultando no abandono de filhotes.

Se você ainda está em dúvida se deve ou não castrar seu cachorro, separamos cinco benefícios de realizar a cirurgia para te convencer:

  1. Menos chances de neoplasia em fêmeas

A neoplasia é o desenvolvimento anormal das mamas a glândulas mamárias das cadelas, que pode evoluir para um câncer em casos mais graves. Essa anomalia é causada pela produção excessiva de hormônios, e geralmente atinge fêmeas com mais de oito anos de idade. Na castração, o útero e os ovários são completamente removidos, parando a produção de estrogênio e progesterona, evitando o aparecimento da neoplasia. Se o procedimento for realizado antes dos seis meses, o risco de desenvolver a doença cai em 91%! Além disso, a fêmea não precisa ter filhotes antes da castração, e pode ser feita antes do primeiro cio do animal.

  1. Menos chances de tumores em machos

Assim como as fêmeas, machos com mais de oito anos de idade estão mais propensos a desenvolver tumores na próstata e nos testículos. Parando a produção de hormônio, essas chances caem consideravelmente. Também não é necessário esperar que o cão apresente os primeiros sinais de puberdade para realizar a castração, que pode ser feita a partir dos seis meses.

  1. Deixa os machos menos agressivos

Naturalmente, a produção de testosterona deixa os machos mais agressivos, principalmente quando ainda são jovens, e estão com os hormônios à flor da pele. Castrar diminui as chances de seu cachorro se envolver em brigas com outros animais, ou até mesmo de pular nas pernas das visitas por conta de instintos sexuais.

  1. Evita gravidez psicológica em fêmeas

O fato de entrar no cio e não gerar filhotes pode desenvolver uma gravidez psicológica nas fêmeas. Essa doença pode causar infecções uterinas e mamárias, complicando a saúde do animal. Quando o animal é castrado, isso não acontece, pelo simples motivo que a sua cachorrinha ou gatinha não terá mais cios!

  1. Diminui o instinto de marcar território dos machos

Uma das maiores queixas dos tutores de cães machos é a quantidade de xixi e a necessidade de marcação de território, dentro e fora de casa. Essa característica também é instintiva, causada pela produção de hormônios sexuais. A castração não diminui a quantidade de urina, mas sim a necessidade do territorialismo, fazendo com que o animal não tenha vontade ou o instinto de fazer xixi por toda a sua casa e objetos pessoais!

 

Se você ainda tem dúvidas sobre a castração, converse com um de nossos veterinários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *